São Paulo 11 3044-4609 • Goiânia 62 3921-7800 • Rio de Janeiro 21 3514-4100 • Brasília 61 3253-5303

Notícias

5 passos básicos para iniciar o projeto da sua vitrine

whatsapp-image-2019-07-15-at-09-196151514.jpeg

As lojas com vitrines tradicionais e padronizadas estão dando lugar às vitrines mais modernas, em que é possível ir além do simples mostruário. As vitrines atualmente utilizam formas digitalizadas de interação com o objetivo de atrair cada vez mais olhares para a loja. O que é muito importante, pois os clientes estão cada vez mais exigentes e a sua loja precisa também se adaptar às essas novas tendências. 

E será sobre isso que falaremos nesse artigo, quais são essas tendências e como iniciar o projeto da sua vitrine utilizando esses benefícios. Conheça agora os passos básicos para iniciar o projeto da sua vitrine. 


1. Atração e conversão 

A quantidade de informação nos dias de hoje não é usual. Na intenção de se comunicar, em um emaranhado de informações e dispersão, é algo cada vez mais presente nos ambientes de alto fluxo como ruas comerciais ou Shopping Centers.  A necessidade de fazer diferente, vem atormentando os Designers e Arquitetos do segmento de varejo. 

A necessidade de se comunicar e atrair a atenção do público atualmente, passa inevitavelmente pela digitalização. Vitrine digitalizadas com aplicação de fachada viva, com telas de led de alta definição, servindo ora como cenário temático e outras vezes com ações promocionais são recursos usados de forma ON-LINE buscando o máximo de conectividade com as pessoas. LUZ , VIDA , MOVIMENTO e IMPACTO são os características   intrínsecas na exposição das marcas.

O convite por conversão presencial ou on-line está cada vez mais presente no dia a dia das pessoas. A facilidade de logística, parcelamento e crédito ofertado pelo mercado não anda só! A eficiência na forma de comunicar e a força que esta comunicação tem na hora de converter é considerada um dos pilares da jornada de consumo, que é metodicamente pensada e estudada por experts na arte do RETAIL. 


2. Criatividade na exposição 

Por meio da digitalização as lojas encontraram uma ferramenta importante para comunicar seu amplo catálogo de produtos. 

Independente de qual seja a sua área: institucional, varejo ou temática. Isso é algo que você também deverá utilizar em seu estabelecimento. 

Pois com a digitalização, a vitrine da sua loja pode comunicar os looks de uma forma muito mais dinâmica, com movimento e ainda entretém o comprador durante a experiência de consumo, tornando sua vitrine mais eclética e atraente.

E ao mesmo tempo, também auxilia o cliente a escolher o produto que melhor atende a sua necessidade e perfil.

Como se destacar no meio da multidão? O termos UX (User Experience), talvez nunca esteve tão na moda. E hoje inevitavelmente estamos diante de uma época de revolução VISUAL DIGITAL, que apostam na EXPOSIÇÃO associada a CRIATIVIDADE. 


3. Investir em tecnologias disruptivas que impactem seus clientes 

Sabemos que não é fácil para uma pequena loja competir com os gigantes do mercado. 

Porém, por meio da tecnologia disruptiva, as lojas têm conseguido cada vez mais espaço, tornando-se mais competitivas.

E isso porque a tecnologia disruptiva consegue transformar todo o conceito, oferecendo simplicidade, conforto, baixo custo e fácil acesso aos produtos e serviços.Você pode utilizar as tecnologias disruptivas não apenas na fachada, mas dentro da loja como forma de facilitar o processo de compra do seu consumidor, e os seus produtos.

As telas digitais, por exemplo, proporcionam a divulgação de itens que são de extrema relevância pra loja e para o consumidor, facilitando o processo de compra.

Atualmente com a migração da publicidade nos veículos tradicionais como Jornal , Revistas e TV e ditada por uma nova sequência de investimentos em outros veículos que possuem um custo mais adequado de investimento, com possibilidade de se comunicar de forma mais efetiva e barata. Telas D-OOH  (Digital Out of Home) e um termos mundialmente utilizado para todas as mídias que estão fora de casa.

Atualmente um dos veículos que mais crescem na escala de investimento, que é claro associada a poderosa mídia ON-LINE faz uma dobradinha perfeita usando muitas vezes tecnologias de CROSS MÍDIA  para fazer ações acertivas nestes veículos de mídia. 


4. Focar na experiência 

Pensar na experiência do cliente, é uma parte essencial para que você possa deixar boas impressões e comece o projeto de sua vitrine corretamente. 

É exatamente no espaço físico da loja que o cliente deve sentir certa intimidade e conforto.

Portanto, procure proporcionar aos seus consumidores uma conexão, onde a mescla de imagens e sons consegue cativar e se manter na lembrança positiva deles. 

E para isso, você poderá abusar de muito LUZ e CORES, usando telas de LED que tem sua visualização perfeita durante dia ou noite, em ambientes internos ou externos.  Adaptar o conteúdo de forma pertinentes a sua temática, seja ela extravagante ou clássica, esta gestão pode ser trocada por um simples click ou até mesmo na interação totalmente automatizada da forma que desejar. Vou parar com este tema por aqui pois CONTEÚDO e INTERAÇÃO será tema de uma artigo completo que traremos pra você em nosso próximo BLOG. 

Se seu design e arquitetura não foi pensado em maximizar o momento prazeroso de seu cliente em seu PDV, em sua próxima reforma;  abuse desta tecnologia em qualquer ambiente externo e interno, de forma organizada pensando na trajetória do SHOPPER, esta é, literalmente, a porta de entrada para melhorar a experiência, retenção e conversão na jornada de compra do seu cliente.


5. Fechamento do negócio e fidelidade 

As estratégias de pós-venda são ótimas para fidelizar os clientes. O que é muito importante para o seu negócio, pois um cliente feliz deixa boas reviews em redes sociais e também indica o seu serviço para outras pessoas.

E você já pode começar a utilizar a estratégia de pós-venda no momento do check out, trazendo novidades, promoções e informações relevantes para ele.Você pode também criar um formulário para destacar os pontos positivos e negativos da sua loja.

E assim trabalhar em cada um deles. Também não se esqueça das datas importantes, e entre em contato com os clientes, trazendo descontos especiais ou até mesmo oferecendo cupons com serviços diferenciados em função da data.Esses passos não podem faltar no seu projeto de vitrine. Siga as dicas que foram passadas e você terá muito sucesso no seu negócio.

E como você pode perceber, os painéis de LED na comunicação visual, acabam se tornando parte fundamental da estratégia, é uma atração a mais para que o cliente possa entrar na loja, acrescentando valor aos produtos.Você pode conhecer um pouco mais sobre painéis de LED aqui no site. 

Dúvidas, sugestões ou deseja saber mais? Entre em contato com um de nossos especialistas para tentar co-criar com você uma estratégia assertiva para seu negócio.