São Paulo 11 3044-4609 • Goiânia 62 3921-7800 • Rio de Janeiro 21 3514-4100

Notícias

Painéis de LED DIP ou SMD? Você sabe quais as diferenças?

DIP LED OU SMD LED? As duas tecnologias possuem pontos fortes e fracos e a análise das necessidades do projeto LED precisa ser levada em conta antes da compra.
DIP LED OU SMD LED? As duas tecnologias possuem pontos fortes e fracos e a análise das necessidades do projeto LED precisa ser levada em conta antes da compra.

A tecnologia LED surgiu ainda no século 20 e continua em rápida evolução para alternativas inovadoras de utilização do LED em diferentes aplicações. A primeira modalidade de painéis de LED no mundo surgiu com a tecnologia DIP (Dual Inline Package). Os LED’s DIP são formados por três pequenas lâmpadas coloridas (uma vermelha, outra verde e a azul), em formatos de bolha e que são unidas com dois pinos de conexão e soldadas em placas de circuito impresso (PCB).

Após o LED DIP, uma alternativa mais recente e moderna surgiu no mercado. O LED SMD (Surface Mount Device) em que as três cores estão integradas em um único LED. A tecnologia SMD é reconhecida por ser mais eficiente em quesitos como ângulo de visualização e nitidez de imagem.

Apesar de já ter uma tecnologia mais avançada, o painel de LED DIP ainda continua sendo amplamente utilizado em todo o mundo juntamente ao SMD, ou seja, uma não exclui a outra. O que diferencia uma tecnologia da outra são as aplicações e necessidades estéticas e de resistência para cada projeto.

Aplicação

Para os projetos outdoor (externos), na maioria dos casos, os painéis mais indicados são da tecnologia DIP, por serem mais robustos do que o SMD. Já em projetos indoor (internos), o SMD é ideal, por ser mais moderno, leve e principalmente possuir um ângulo de visualização maior, com até 140° de ângulo, o que possibilita visualizações excelentes em qualquer posição do usuário. Já o DIP LED oferece apenas 80° de ângulo de visão e por isso não proporciona uma diversidade de posições em que a imagem pode ser visualizada com excelência.

Resistência

Que o LED DIP é o ideal para projetos outdoor você já sabe. O DIP é mais robusto que o SMD e por isso mais resistente a ações como chuva, vento e poeira, tanto no aspecto estrutural como nos LEDS individuais. Apesar disso, os painéis SMD podem sim serem utilizados em projetos outdoor, desde que tenham proteções extras, como os índices de proteção contra água e poeira. Mas é importante observar que mesmo com as proteções indicadas, o LED SMD continua sendo mais sensível em relação ao DIP e pode não ter uma vida útil tão elevada quanto o outro.

Estética

Como já falamos, os painéis de LED SMD são ideais para aplicações indoor e nesses projetos, geralmente há uma exigência por um padrão visual mais refinado, já que essas telas estarão mais próximas do público do que a tela de um outdoor de rua. Os painéis de LED SMD são mais leves, finos e visualmente mais bonitos que os painéis DIP.

Apesar dessas características dos LEDS DIP e SMD, é importante lembrar que cada projeto precisa ser analisado por uma equipe técnica qualificada. A LedWave é pioneira no segmento no Brasil e tem em seu portfólio os mais diversos tipos de projetos.

 Tem outras dúvidas sobre os painéis de LED e suas características? Confira 4 dicas de como escolher o painel de LED ideal e acerte na sua escolha. Fique de olho em nossos conteúdos e fale conosco para saber mais sobre os painéis de LED.